A boca do tango

medrano1 (1)
Luis Medrano

Jorge Luis Borges, quem nasceu em Palermo, sentia atração pelo sul de Buenos Aires, área de lendas e mitologias onde a urbe foi fundada. Borges achava que tinha uma cidade ao norte da avenida Rivadavia, e uma outra ao sul, segundo um famoso conto. Os seus heróis, os compadritos que brigavam com facas, vinham especialmente dessa terra. Era uma orilla, entre a tranquilidade da pampa e a energia do centro, onde a mistura de imigrantes e gauchos nativos, em procura de reunião social, criou o tango portenho.

03-collivadino-1903-la-hora-del-almuerzo - ab
Pío Collivadino.

A origem dessa música profunda e sensual fica nos bordéis e conventillos da boca do rio e da Isla Maciel, uma área pintoresca e interessante. Também na milonga negra e criolla. O destino do tango, como paradoxo, foram os salões de Paris e da Recoleta, como fala Carlos Fuentes, mas o tango sempre voltou para as suas origens misteriosas, como dança popular e afetiva, que reune as memórias, os sonos, a linguagem rica e misturada, o lunfardo.

colore (2)

Anuncios

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s